Email marketing: por que ele (ainda) é tão importante para o seu negócio?

 In Marketing Digital

Quando a internet surgiu e as empresas começaram a investir em marketing digital, uma das ações mais comuns eram as de email marketing: foram diversas ferramentas de disparo que surgiram no mercado, era comum encontrarmos empresas que vendiam bases de contatos para quem estava começando a se aventurar pelo digital, emails eram disparados sem nenhum critério. As caixas de emails ficavam lotadas, recebíamos muita mensagens de empresas sobre as quais nunca tínhamos ouvido falar, surgiu o spam, os provedores de email foram criando cada vez mais filtros e mecanismos para evitar mensagens que não queríamos receber…

Além das novas tecnologias que foram surgindo na área, os erros cometidos lá no início foram cruciais para que o email marketing fosse, aos poucos, sendo deixado de lado por muitas organizações e transformado em uma estratégia secundária dentro do marketing digital. No entanto, ele nunca deixou de apresentar resultados relevantes para as empresas que continuaram apostando (da forma correta) em email marketing. São diversos estudos que comprovam isso: dados da Convince&Convert mostram que 44% dos destinatários de email realizam ao menos uma compra por ano baseados em um email promocional e que esses consumidores gastam, em média, 138% mais que aqueles que não receberam essas ofertas. Outro estudo, dessa vez da BtoB Magazine, mostrou que 59% dos profissionais de marketing B2B afirmam que email é o canal mais eficaz para gerar receita.

Números animadores, não é? Quer entender mais sobre a importância do email marketing em uma estratégia digital? Então continue a leitura!

Por que o email é tão importante no marketing digital?

Os dados acima nos mostram uma coisa: o email marketing é, sim, efetivo. Se levarmos em conta as novas ferramentas e funcionalidades disponíveis, podemos reforçar ainda mais o papel dele dentro de uma estratégia digital. Hoje em dia, é possível segmentar sua base, saber quais horários e dias de disparos dão o melhor retorno, personalizar ao máximo suas mensagens e muitas outras funções que otimizam ainda mais esse canal.

Além disso, o alcance do email é indiscutível. É difícil encontrarmos uma pessoa que não possua, pelo menos, uma conta de email – esta ferramenta já está completamente incorporada à vida e à rotina das pessoas, seja na vida pessoal ou profissional. Isso permite que sua empresa se comunique com praticamente todo mundo, diferente das redes sociais.

Outro ponto a favor do email é que ele é uma forma de contato mais direta, profunda e personalizada, enquanto em alguns canais, como o blog ou site da sua empresa, você está falando para todo o seu público ou, no caso das redes sociais, você está em meio a diversas outras marcas ou pessoas, fazendo com que a sua mensagem se perca. Já no email, você está criando um canal “privado” de conversa entre a sua empresa e o cliente ou potencial cliente: a pessoa, ao checar seu email, está mais focada e atenta ao que está lendo e sua mensagem será melhor absorvida e pode ter um impacto muito maior.

Tudo isso pode se resumir em uma palavra: relacionamento. O email marketing é um importantíssimo canal de relacionamento entre uma marca e seus clientes. Desde os primeiros contatos, passando pela nutrição do lead, até o fechamento de um negócio, o email é uma ferramenta indispensável no ambiente digital.

Email Marketing: 3 dicas rápidas para trabalhar da forma correta

Agora que você entendeu a importância do email marketing dentro de uma estratégia de marketing digital, é hora de colocar o que aprendeu em prática. Como dissemos no começo do artigo, infelizmente o email marketing foi mal utilizado por muitos anos, perdendo até mesmo sua credibilidade entre profissionais da área. No entanto, se trabalhado corretamente, ele pode ser um canal de comunicação e relacionamento com seus clientes e, mais importante, uma ferramenta indispensável na geração de receita da sua empresa.

Por isso, separamos 3 dicas rápidas (e valiosas) sobre como trabalhar seu email marketing da forma correta, ou seja, para que ele traga resultados positivos para o seu negócio.

Base de contatos:

Sem uma boa base de contatos, é impossível conseguir resultados com email marketing, portanto, invista em montar um bom mailing. Comprar uma base de email é um dos maiores erros que você pode cometer quando se fala em email marketing: essas listas podem ser desatualizadas, não são do público que você quer atingir, são pessoas que podem nunca ter ouvido falar da sua empresa, ou ainda seu concorrente pode ter uma base igual ou praticamente igual a sua… Montar uma base de contatos é um trabalho contínuo e deve ser feito através de cadastros no seu site, landing pages onde os potenciais clientes forneçam suas informações e transformem-se em leads, contatos comerciais e em eventos, entre outros. Uma base própria será composta por pessoas que conhecem sua empresa e que deram autorização para receber suas mensagens, o que impacta positivamente em taxas de abertura, clique e conversão. Além disso, você terá um controle maior sobre a sua base, atualizando-a sempre que necessário.

Segmentação:

Uma boa base de contatos em mãos é um ótimo começo, mas é preciso direcionar suas mensagens para quem realmente importa naquele momento. Por exemplo: digamos que sua empresa venda dois tipos de serviços, um voltado para profissionais da área de engenharia e outro para a área de saúde. Enviar um email marketing divulgando um serviço da área de saúde para todo o seu mailing é um erro, pois grande parte dos destinatários não estão interessados no que você está vendendo e podem acabar optando por sair da sua base de contatos. Outro erro comum das empresas é achar que todos os destinatários estão na mesma fase da jornada de compra, enviando uma mensagem padrão para eles.

As formas de segmentação hoje são diversas e você deve aproveitar isso ao máximo antes de disparar um email marketing: considere o produto ou serviço que está vendendo, suas personas, em qual fase da jornada de compra essas pessoas estão, se são potenciais clientes ou se já compraram uma vez com sua empresa, se visitaram uma página específica do seu site ou fizeram o download de algum material, etc. As possibilidades são muitas!

Automação:

Por fim, hoje em dia, contamos com a ajuda de diversas ferramentas de automação de email marketing que não só facilitarão seu trabalho, como o tornará muito mais assertivo. Grande parte das ferramentas disponíveis atualmente reúnem diversas funcionalidades que mencionamos ao longo do artigo, como a gestão da base de contatos, possibilidade de segmentação, a própria criação do email marketing, programação de disparos, monitoramento de resultados, etc.

Sua empresa está trabalhando o email marketing da forma correta? Esse canal está trazendo resultados para o seu negócio? Se sua resposta for não, fale com a Tech4Biz agora mesmo e vamos trabalhar para corrigir isso, transformando o email marketing em um importante gerador de receitas para sua empresa.

Recent Posts

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search