LinkedIn: como criar um perfil empresarial vendedor?

 In Marketing Digital, Redes Sociais

Recentemente falamos aqui no blog sobre a importância do LinkedIn na estratégia digital de uma empresa, especialmente daquelas que atuam no mercado B2B – afinal, é uma rede social voltada para contatos profissionais e uma importante ferramenta de busca para quem procura informações sobre um possível fornecedor de um produto ou serviço, independente da área. É preciso considerar que o LinkedIn deixou de ser apenas um lugar para anunciar e procurar empregos, e atualmente é um canal relevante de relacionamento entre empresas, empresários e clientes.

Hoje vamos nos aprofundar um pouco mais no assunto e explorar os perfis empresariais – as Company Pages – no LinkedIn, ou seja, aqueles perfis que pertencem a uma organização e não a um profissional. Eles são a sua vitrine corporativa na rede social e, por isso, merecem uma atenção especial. Continue lendo e confira algumas dicas para criar um perfil corporativo que irá trazer negócios para sua empresa!

Por que ter uma página empresarial?

Visualize o seguinte cenário: uma rede social à qual as pessoas estão conectadas pensando em trabalho, procurando soluções para seus problemas, e buscando contatos e referências que possam usar em suas atividades profissionais. E que, além disso, busquem quando estão interessadas em ver conteúdos sobre suas áreas de atuação, onde você pode falar com perfis altamente segmentados e com grupos de profissionais com interesses em comum, que se reúnem para falar sobre um determinado assunto.

Como não usar todo isso a favor da sua empresa? Enquanto outras redes sociais são mais voltadas para o entretenimento, o foco do LinkedIn são os contatos profissionais e negócios e quem está conectado a ela está disposto a ouvir o que sua empresa tem a falar.

Estar presente no LinkedIn torna seu negócio visível tanto para potenciais clientes quanto para o mercado como um todo – possíveis parceiros ou mesmo potenciais colaboradores – ajudando na divulgação de informações sobre seus produtos e serviços e aumentando a relevância e autoridade da sua empresa. Não é uma oportunidade que pode ser relevada.

Como criar um bom perfil corporativo no Linkedin?

Assim como as demais atividades de marketing digital, o foco do seu LinkedIn deve ser um conteúdo relevante para o leitor – afinal é através dele que você conseguirá engajar seguidores e se relacionar com eles. Por isso preparamos algumas dicas importantes para você se lembrar na hora de criar ou atualizar seu perfil corporativo. Confira:

  • Perfil completo e atualizado: esse é o primeiro passo para um bom perfil empresarial: ele deve ser inicialmente considerado uma extensão do site de sua empresa, contendo as informações que seus clientes e potenciais clientes mais buscam a respeito do seu negócio. Quanto mais informações você disponibilizar, mais confiança você transmite para o usuário que acessa sua página. Além disso, é essencial que seu perfil esteja sempre atualizado, com um visual adequado (atenção para o logo antigo ou capa que mostra uma imagem com muitos anos de idade!) e com postagens em uma frequência mínima. Perfis “abandonados” podem fazer com que os seguidores percam o interesse na empresa.
  • Crie Showcase Pages: as Showcase Pages são páginas dentro do perfil do LinkedIn de sua empresa onde você pode promover um serviço, produto, evento ou marca específicos da sua empresa. Criando “sub-páginas” showcase, você pode segmentar de forma melhor o que seu negócio comunica – e como deve chegar ao público realmente interessado naquele conteúdo. Uma empresa especializada em seguros, por exemplo, pode criar Showcase Pages para os diferentes produtos que vende: seguros de automóveis, seguros de vida, seguros de saúde, etc. Uma pessoa que está interessada apenas em seguros de saúde, poderá seguir a Showcase desse produto, acompanhando publicações que são realmente relevantes para ela ao invés de todas as atualizações da empresa – o que pode levá-la a deixar de seguir a página, uma vez que grande parte do conteúdo não a interessa.
  • Use palavras-chave: sempre que falamos em estratégia digital, devemos lembrar das palavras-chave, que são aqueles termos importantes para o seu negócio e que irão ajudar sua empresa a se posicionar melhor nas ferramentas de busca. Quando lidar com as páginas e produzir conteúdo para o LinkedIn, lembre-se delas, pois o que você posta em redes sociais também ajuda, e muito, no SEO do seu negócio: na descrição da empresa no perfil corporativo, por exemplo, use a palavra-chave mais importante do seu negócio, evitando termos muito genéricos.
  • Use boas imagens (do tamanho certo): a primeira impressão é a que fica, por isso, use uma boa imagem de capa, uma boa foto de perfil, com a qualidade de imagem alta, e, mais importante, que identifique facilmente a sua empresa. Além disso, lembre-se que cada rede social tem tamanhos específicos para as imagens publicadas, portanto, a capa que você usa para o Facebook da sua empresa não pode apenas ser replicada no LinkedIn. Crie imagens específicas para esta rede, lembrando também que essa é uma rede social mais profissional, mais sóbria.
  • Incentive o uso  do LinkedIn entre seus funcionários: uma das formas mais eficientes de ampliar sua exposição orgânica no LinkedIn é interligando seus funcionários à página da empresa. Se o funcionário colocar em seu perfil pessoal que trabalha a empresa X, a atualização aparecerá para todas as conexões dele, que poderão clicar no nome da empresa e serão direcionados para o perfil empresarial. Além disso, se o conteúdo que você publicar no LinkedIn for bom, seus colaboradores serão os primeiros a compartilhar o que você postou, aumentando o alcance de suas publicações (Dica: envie periodicamente para o time um email mostrando o perfil e/ou atualizações do Linkedin, com links).
  • Publique conteúdo relevante: não use o LinkedIn apenas para divulgar conteúdo institucional ou com um discurso exclusivamente vendedor. Publique conteúdos que interessem seu público, divulgue notícias sobre o mercado, anuncie os novos artigos do blog da empresa e participe de grupos de discussão. Com isso sua marca aparece mais ainda para os usuários desta rede.
  • Artigos: Uma dica complementar que otimiza o resultado desta rede social: o presidente – ou principais executivos – devem publicar artigos no Linkedin Pulse, alinhados com o conteúdo da empresa. Não é possível publicar artigos na página corporativa, porém os artigos pessoais fazem parte da estratégia do Linkedin e são oportunidades para se usar links conectando o visitante com a página empresarial, ou o que mais você quiser.

E lembre-se: divulgue seu perfil corporativo, colocando links de acesso em seu site, email marketing, assinatura de email, etc.

Como está o perfil da sua empresa no LinkedIn? Podemos falar sobre gestão de redes sociais do seu negócio, é só entrar em contato.

 

Recent Posts

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search